;

BAUHAUS
 

Logo após o final da primeira guerra mundial, o arquiteto Walter Gropius é chamado a dirigir a Grã-Ducal Escola Superior de Belas Artes (Sächsische Hochschule für Bildende Kunst) e a Grã-Ducal Escola de Arte e Artesanato (Sächsische Kunstgewerbeschule), a escola de van de Velde. Ele unifica os dois institutos e funda, em 1919, a Bauhaus Estadual (Staatliches Bauhaus) em Weimar.
O primeiro programa, publicado no mesmo ano, segundo Leonardo Benevolo, tem um tom profético e obscuro:
"O fim último de toda a atividade plástica é a construção. Adorná-la era, outrora, a tarefa mais nobre das artes plásticas, componentes inseparáveis da magna arquitetura. Hoje elas se encontram numa situação de auto-suficiência singular, da qual só se libertarão através da consciente atuação conjunta e coordenada de todos os profissionais. ..."
A Bauhaus Estadual em Weimar é uma instituição administrada pelo Estado Livre da Saxônia-Weimar-Eisenach, na ocasião com poucos meses de vida. O Manifesto Bauhaus expressa o compromisso de unir todas as formas de arte em um único todo, juntando todas as disciplinas artísticas - escultura, pintura, artes e artesanato e ofícios - e fazê-las componentes integrantes de uma nova arte de construir: Walter Gropius muda seu escritório de Berlim para Weimar (seguido depois por Carl Fieger e Ernst Neufert).
Gropius ressalta três características principais do ensino na Bauhaus:
O paralelismo entre o ensino teórico e prático.
O contínuo contato com a realidade do trabalho.
A presença de professores criativos.
A escola é transferida para Dessau em 1925 e, mais tarde, em 1932, para Berlim. Finalmente, a escola foi dissolvida por pressão dos nazistas em 1933.
A Bauhaus é inovadora na medida em que procura quebrar a dicotomia entre arte e indústria. O racionalismo que Gropius invoca não é um programa ideológico mas sim um método de trabalho. O seu pensamento encontra uma ligação profunda, não convencional, com a herança do pensamento humanístico.

 

 

Catedral do Futuro
Xilogravura de Lyonel Feininger
Edifício da Bauhaus em Dessau
Foto: Marlene Brady e Mark English
Capa do Catálogo da Exposição
da Bauhaus em São Paulo, 1974
Fritz Tchaschnig, 1931
Balé Triádico
Oskar Schlemmer, 1922/1923

Esquema do Curso Preliminar da Bauhaus

Bauhaus Vorkurs

© ArkitektUrbo. Todos os direitos reservados. Web Master Arq. Luís Menechino